Este site utiliza cookies. Continuando a navegar está automaticamente a autorizar os mesmos. Saber mais Continuar

Mas afinal o que é ser voluntário?

Maio de 2017

(excerto do desabafo de uma voluntária)

Na sexta-feira estive no Instituto de Medicina Legal na despedida da D. Virgínia que seguiu para o crematório de Campanhã, sem qualquer cerimónia fúnebre.

Apresentei condolências a alguns familiares presentes. Uma das irmãs convidou-me para tomarmos um café, daqui a uns dias. Sente necessidade de desabafar...

Eu tenho pensado. O que é ser voluntária nos dias de hoje!?

É ter uma família alargada e dispersa aonde vou levar boas palavras, ânimo e boa disposição, ou umas meias, ou uma manta para aconchegar do frio, um petisco, uma guloseima para comer às escondidas... outras vezes, um abraço, um beijo, ou dar as mãos, ou esticar os lençóis da cama para um bom sono. Também é uma conversa ao telefone, ouvir e ouvir... Pequenos e simples gestos quebram a solidão e tornam os seus dias menos cinzentos.

Que Deus nos continue a ajudar e que estas lições de vida nos fortaleçam para continuarmos a nossa missão.